Composição de renda é uma solução para o financiamento imobiliário

Composição de renda é uma solução para o financiamento imobiliário


Composição de renda pode ser entendida como a associação entre compradores para adquirir um imóvel. Muitos brasileiros não possuem orçamento suficiente para arcar com as prestações de um financiamento, por isso, a composição de renda é uma boa alternativa. A operação é bem simples: você junta a sua renda com a de algum outro familiar, parente ou cônjuge, para dividir as parcelas de financiamento imobiliário.





Vamos entender melhor como isso funciona?





composição de renda




QUEM PODE?





Tradicionalmente, a composição de renda para financiamento era permitida aos cônjuges, mas este cenário mudou há um bom tempo. Há abertura para a junção de finanças entre pais e filhos, irmãos, tios e sobrinhos e além disso, algumas instituições permitem compor renda independente de grau de parentesco.





Contudo, alguns bancos (como o Banco do Brasil) aceitam compor a renda de acordo com o grau de parentesco, além de limitar a três pessoas o número de integrantes, embora outros, como a Caixa Econômica aceitam composição de renda independente de parentesco. Por isso, vale a pesquisa apurada antes de dar entrada no processo.





composição de renda




COMO É FEITO?





Outro ponto importante é que na hora de definir o valor máximo da parcela (que não deve ultrapassar a margem de 30% da renda mensal), a instituição financeira soma os rendimentos de todos os participantes.





Assim, por exemplo, se você possui uma renda de R$ 4.000, pode comprometer no máximo R$ 1.200 por mês. Agora, juntando o rendimento de seu cônjuge, sendo este também de R$ 2.000, a margem salta para R$ 1.800.





Outro detalhe, a análise de crédito é feita individualmente, ou seja, nenhum dos proponentes pode ter pendências cadastrais. Inclusive, cada participante pode utilizar os recursos de suas contas vinculadas no FGTS para compor a entrada, liquidar parcelas ou amortizar o saldo devedor. Além disso, existem outros pontos a serem observados, veja a seguir.





CUIDADOS A SEREM TOMADOS





É sempre bom lembrar a importância de um planejamento financeiro sólido. Estamos falando de uma dívida de grande porte, que requer compromisso. Considere todas as fases e taxas do financiamento. Você pode acessar o nosso ebook sobre ‘Financiamento Imobiliário na Prática’ para saber mais dicas.





Além disso, é preciso que haja harmonia de
interesses e regras bem definidas para evitar futuros dissabores entre os
participantes. A pessoa que irá compor a renda familiar deve ser alguém de
confiança e capaz de assumir a responsabilidade. Portanto, tenha absoluta
certeza de sua capacidade financeira para assumir as parcelas, já que um erro
de cálculo pode levar à inadimplência, culminando com a perda do imóvel.





Com todas as
dúvidas esclarecidas, cabe a você avaliar se a composição de renda para
financiamento é a opção adequada para o seu caso. Tomando todas as precauções,
é possível contar como um recurso a mais para adquirir o imóvel dos seus
sonhos.





A Jlle Imobiliária está pronta para te
auxiliar na realização desse sonho!





Fale conosco!





(47)
3512-3001





(47)
99641-3934






Copyright © - Todos os direitos reservados.