DICIONÁRIO IMOBILIÁRIO: FAMILIARIZE-SE COM OS TERMOS

DICIONÁRIO IMOBILIÁRIO: FAMILIARIZE-SE COM OS TERMOS


Se você está prestes a assumir sua independência, certamente precisa se familiarizar com os termos da área. Antes de fechar um negócio é importante que você tenha um conhecimento básico desse glossário um tanto particular do mercado imobiliário, justamente para não evitar de ser surpreendido!





Para te auxiliar, preparamos um conteúdo exclusivo sobre o assunto. Vamos nessa?





Escritura





Nada mais é do que um documento que prova um contrato ou ato jurídico. É firmado com testemunhas e registrado em cartório. A escritura de uma casa é, portanto, o documento de validade e posse do imóvel.





Hipoteca





É a colocação de uma propriedade como garantia de pagamento de dívida. O devedor passa o domínio dela ao credor. O bem pode ser tomado caso não haja a devida quitação das prestações assumidas.





imobiliário




Crédito Imobiliário





É o tipo de crédito especializado e voltado ao financiamento habitacional. Disponível no Sistema Financeiro da Habitação – o mais utilizado pelos brasileiros, com limite máximo de 80% do valor da aquisição – ou Sistema Financeiro Imobiliário – baseado nos tipos de garantia como hipoteca e alienação fiduciária.





Permuta





Uma troca que não envolve dinheiro. Pode-se trocar uma casa por um apartamento ou qualquer outro bem para se adquirir o imóvel sem que haja pagamento.





Nota promissória





Documento que estabelece uma promessa de pagamento com data e quantia definidas. Deve ser escrito e firmado em cartório.





ITBI





Sigla para Imposto de Transmissão de Bens e Imóveis, que refere-se a um tributo cobrado pelas prefeituras na transação imobiliária de venda. A taxa é de obrigação do adquirente e é variável de acordo com a legislação de cada estado.





Retrovenda





Cláusula de contrato reservando ao vendedor o direito de readquirir o imóvel em negociação dentro de um prazo estabelecido. Isso só pode ser feito com a restituição do montante pago e de quaisquer outros investimentos.





Habite-se





É o ato que marca a conclusão da obra e confirma a habitabilidade do imóvel. É emitido pelo poder municipal após vistoria que comprova que a construção atendeu todos os requisitos básicos legais.





Amortização





Pagamento realizado periodicamente para abater ou reduzir o total de uma dívida. Efetuar o pagamento de mais de uma prestação ou amortizar valores altos em separado são atitudes comuns nos pagamentos de imóveis.





DFI





O Seguro de Danos Físicos ao Imóvel é obrigatório em algumas transações, dependendo do local e do bem. Ele representa em média 3% do valor da prestação e cobre danos como os causados por incêndio, inundação, destelhamento, explosão, desmoronamento.





Registro do Imóvel





É o histórico do imóvel. Nele, há todas as extinções de direitos, mudanças e alterações referentes àquele bem. As anotações são feitas sob a característica legal de um número de matrícula.





Alvará





É o documento emitido pela prefeitura da cidade para validar e autorizar a construção de um novo projeto de engenharia.





Pronto! Agora você conhece um pouco mais da linguagem imobiliária e poderá dar os passos rumo à casa própria com mais segurança. Está preparado para realizar o seu sonho?





Então fale com a Jlle Imobiliária ou peça agora uma simulação.


Copyright © - Todos os direitos reservados.